25.1.06

[Tu tá ficando velho heim!] 03 -1 litro de leite, meio quilo de pão!

Lembro-me do tempo em que eu ia ao armazém da Neuza ou do Foguinho (Tufo!) buscar 1litro de leite e meio quilo de pão.
Sim meio quilo, o equivalente a 10 cacetinhos.
Vinha com o saquinho de leite “Dobon”, o Corlac a mãe não gostava, e com o pão embaixo do braço!

Quem tomou café na minha casa de 86 a 90, possivelmente comeu um pão “suado”. Bom, ninguém morreu!

A briga era grande entre meus irmãos e eu para ver quem ficava com o chamado “bico”, bom era como nós chamávamos a parte da ponta do pão. Meu irmão e minha irmã sempre conseguiam o “bico”.

Mas porque isso era importante?
Era importante, por que se tu queria fazer um sanduíche, com o bico era mais fácil. A parte do meio era cortada em fatias.

Bah! Como eu sonhava com o bico do pão, pra mim, guri de 7 anos, aquilo era como se eu fosse um adolescente. Meu primo de 8 comia o bico do pão. Ele era o cara!
Foi então que me veio uma idéia, arrojada e perigosa, pois poderia ser até pior pra mim, mas a pus em prática!
Sempre que ia comprar 1 litro de leite e meio quilo de pão e vinha com o saquinho de leite “dobon” (válido até terça feira – era assim que vinha escrito o prazo de validade do leite) e o pão suando embaixo do braço, eu começava a beliscar o pão, chegando com um bico já detonado, sobrava apenas 1!

-Porque isso Dani! Pra que vir comendo pão pelo caminho? Perguntava minha mãe.
-Tava com fome, mãe! Respondia usando, mesmo que sem saber o fator psicológico com ela.
-Tá! Da próxima vez deixa pra comer em casa!
-Agora o bico que restou é meu! Informava o mano.
-Mãe, olha o Mauro! Ele quer comer o bico do pão! Retrucava chorando a mana.
-Eu sou mais velho, eu como!
-Mãe ele que comer com nata e sal(!?!), não precisa do bico!
-Tu vai comer com mumú Fabi, tu é que não precisa!
A briga entre os dois rolando e eu na boa, quietinho, havia sido o responsável pela briga, mas ninguém me acusava.
-Chega! Gritou a mãe, quase louca!
-O Bico vai ser do Dani!
-Não o Jaba não quer! Dizia o mano, ele me chamava de Jaba, não sei porque, mas eu gostava!
-Dani! Deixa a mana ficar com o bico do pão, deixa? Tentava a mana!
-Pra que ninguém brigue, deixxa que eu como o bico!

E comi, aquele “bico de pão” com chimia de abóbora, me senti o máximo!
Depois de mais ações exitosas, o mano e mana combinaram que o bico seria, um dia dela e outro dele, e assim acertado eu voltei a comer a parte do meio do pão. Irmão mais novo sofre!

O que queria dizer aqui é que quando se é criança se dá importância a coisas que não têm a menor importância.
E isso é genial, espero que minhas 3 sobrinhas-afiliadas e no futuro meus filhos, possam dar importância a coisas tão bestas como o bico do pão, e se importem com isso, aprendendo com as vitórias e as derrotas de um "café da tarde".

Porque quando crescerem, o “bico do pão” será bem mais difícil de comer! E as táticas para alcançar os seus objetivos, nem sempre serão exitosas, muitas vezes comerão a parte do meio do pão, quando comerem!
Mas não serão frustrados, porque um dia todos comerão o bico do pão e beberão o leite Dobon, o Corlac não, a mãe não gosta!

5 comentários:

Alexandre disse...

Histórias como essa é que me fazem sentir saudades da minha infância, de como as coisas eram mais simples e ingênuas do que são hoje. Embora eu seja 6 anos mais velho, muitas das suas histórias da sociedade leopoldense das décadas de 80 e 90 eu também vive. Nunca deixe de lembrar destas coisas como essa, afinal recordar é viver!

Desa disse...

acho q acontecia isso na casa de todo mundo...
eu tb ia comprar meio quilo de pão e vinha comendo o bico, e as vezes tirava toda a "casquinha" do pão..muito bom lembrar disso...
beijos

Tiago disse...

Bah,vocês são velhos hein!!!!!
??Ou será que eu sou novo demais pra minha geração??

Barbara Virginia Lucas - Babi - disse...

oi
gostei daqui, lindo lugar,
me fez lembrar uma vez q fui buscar um litro de leite 'dobon' e caí no caminho de volta, estourando o saquinho...

outra clássica era comprar refri em litro, em garrafa de vidro nos finais de semana... coisa boa!

Tiago disse...

Bah!!!!!!!!!!!!!!Vocês são pré-históricos mesmo!!!!!!!!!!
"comer casquinha do pão","estourar saquinho do leite dobom"..."recordar é viver"...quantas frases de efeito.
Esse bolg é o dicionários dos "CLICHÊS INÉDITOS"! " DEJA VÚ NUNCA VISTO"
HE HE HE HE HE HE HE HE